Quem sou eu

Minha foto

Me chamo Rogério Rocha. Sou maranhense da cidade de São Luís, mas na verdade me sinto um cidadão do mundo. Sou pós-graduado em Direito Constitucional (Universidade Anhanguera-Uniderp-LFG), pós-graduado em Ética (IESMA), Graduado em Filosofia e Direito (UFMA), mestrando em Criminologia na Universidade Fernando Pessoa (Porto/Portugal). Atualmente sou Servidor do Poder Judiciário do meu estado. Exerci a advocacia durante 6 anos de minha vida,atuando nas áreas de Direito Civil (Família), Direito do Trabalho e do Consumidor. Fui professor do CEFET- MA (atual IFMA) por 2 anos, período em que lecionei tanto para o ensino médio quanto para os alunos de áreas técnicas as disciplinas de Sociologia, Filosofia e Metodologia do Trabalho Científico. Escrevo poesias desde os 12 anos de idade. Homem livre e de bons costumes, amante da música, da arte, da história e de viagens. Obs.: Postgraduate in Constitutional Law (University Anhanguera-Uniderp-LFG), Postgraduate in Ethics (IESM), graduated in Philosophy and Law (College); Public Server at Judiciary Power, Teacher, Poet.

terça-feira, 15 de abril de 2014

14 estrelas juvenis que se "perderam" na transição para a vida adulta

Ser uma criança ou adolescente internacionalmente famosa pode ter um lado bastante cruel e perverso. Prova disso é a quantidade de celebridades que, conforme chegam à fase adulta, têm de encarar problemas sérios e bem típicos de quem cresceu cercado de demandas hollywoodianas. A seguir, apresentamos 15 casos conhecidos desse mal:
Lindsay Lohan protagonizou filmes na infância e na adolescência que a fizeram ser apontada como atriz promissora, além de muito bonita. Mas ela acabou abusando do álcool e de outras drogas, e sua carreira, ao menos por enquanto, não é nem sombra do que já foi. Lohan foi presa algumas vezes e passou por clínicas de reabilitação outras tantas, inclusive no ano passado. Ela está com 27 anos de idade. (Foto: Getty Images)
É possível olhar para Corey Feldman, hoje com 42 anos, e se lembrar do seu personagem em 'Os Goonies' (1985)? O ator enfrentou problemas com drogas ao longo dos anos 1990 e, desde então, só fez filmes B ou projetos de pouca repercussão, como um reality show ao lado de um amigo de infância. (Foto: Divulgação e Getty Images)
Amanda Bynes, de 27 anos, é outra atriz que fez séries e filmes bem-sucedidos na infância, na adolescência, e mesmo depois de adulta. Mas, a partir de 2012, seu comportamento piorou cada vez mais. Ela cometeu uma série de crimes com seu carro até ser internada à força num hospital psiquiátrico após começar um pequeno incêndio em uma estrada dos EUA. (Foto: Getty Images)
Edward Furlong é bastante lembrado pelos trabalhos no cinema como 'O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final' (1991), entre outros da década de 1990. Atualmente, com 36 anos, o ator já foi para a prisão mais de dez vezes por crimes envolvendo uso de drogas, sem contar a vez em que foi condenado por agredir sua então esposa. (Foto: Divulgação e Getty Images)
Aos 32 anos de idade, pode ser que Britney Spears esteja retomando bem sua carreira de cantora. Mas que susto ela deu em todo mundo antes disso, não? Spears cresceu diante das câmeras, trabalhando em um programa de televisão quando criança e, depois, se tornando uma grande popstar na virada do século. Mas, de 2007 em diante, ela enfrentou uma série de problemas, até decidir raspar os próprios cabelos e atacar paparazzi. (Foto: Getty Images)
Cantor desde os 9 anos de idade, Bobby Brown, hoje com 45, teve problemas sérios de alcoolismo já na adolescência e, em seguida, se viciou em outras drogas. Esses problemas atrapalharam publicamente seu casamento com a também cantora Whitney Houston (1963-2012), e Brown foi parar na Justiça diversas vezes. (Foto: Getty Images)
Miley Cyrus, felizmente, até onde sabemos, não tem feito nada de ilegal nem que possa prejudicar sua saúde física ou mental. Ponto. Mas, a radicalidade de sua transição da fase Hannah Montana para a atual etapa piriguete inspira cuidados, segundo alguns. Esperamos que ela só esteja se divertindo. Ela está com 21 anos. (Foto: Getty Images)
Macaulay Culkin foi do rosto angelical e onipresente de "Esqueceram de Mim" (1990) a um homem de 33 anos que usa drogas pesadas como heroína. Agora ele parece estar melhor, e é preciso lembrar que seus pais não contribuíram em nada, gerando diversas crises familiares ao longo dos anos 1990 por causa da fama e da fortuna do então astro-mirim. (Foto: Divulgação e Getty Images)
Todd Bridges brilhou no seriado 'Minha Família é uma Bagunça' (1978-1986), mas, aos 15 anos, começou a usar drogas como um escape para o fato de vir sendo abusado sexualmente desde 11 anos de idade. Ele até começou a traficar as substâncias para poder manter o vício. Mas hoje está longe das drogas há duas décadas e tem 48 anos. (Foto: Divulgação e Getty Images)
Até a maioridade, Mary-Kate Olsen fez sucesso ao lado da irmã gêmea, Ashley, em seriados e filmes. Mas, enquanto a irmã continuou trabalhando normalmente, Mary-Kate não teve muita sorte. Uma década atrás, ela virou notícia por causa da anorexia que desenvolveu ao chegar aos 18 anos de idade, e atualmente, aos 27, há rumores que seu vício em cocaína persiste e que ela precisa frequentemente se internar em clínicas de reabilitação. (Foto: Getty Images)
Dos 11 aos 15 anos, Danny Bonaduce trabalhou num seriado norte-americano chamado 'The Partridge Family' (1970–1974). Logo após o programa acabar, o ator começou a se viciar em drogas. Agora, aos 54 anos, ele coleciona passagens por clínicas de reabilitação e pela prisão, onde já esteve por motivos tão variados quanto porte de cocaína e agressão a uma travesti. (Foto: Domínio Público e Getty Images)
Brad Renfro chamou a atenção do mundo aos 12 anos, ao viver o personagem em torno do qual gira o drama policial 'O Cliente' (1994). Mas, conforme a adolescência avançou, o envolvimento de Renfro com drogas cresceu e se multiplicou. Ele foi detido pela polícia inúmeras vezes por portar essas substâncias e por dirigir sob influência delas. Morreu de overdose em janeiro de 2008, aos 25 anos de idade. (Foto: Divulgação e Getty Images)
Jodie Sweetin, a Stephanie da série Três É Demais (1987-1995), começou a ter problemas com drogas tão logo o seriado se encerrou. Ela chegou a usar até metanfetamina. Hoje, aos 32 anos, ela passou por três casamentos, tem duas filhas e ainda luta para ficar longe de substâncias tóxicas. (Foto: Divulgação e Getty Images)
No fim dos anos 1980, River Phoenix era, ao lado de Johnny Depp, um dos mais promissores atores de sua geração, graças ao trabalho em filmes como 'Conta Comigo' (1986) e 'O Peso de Um Passado' (1988), que lhe rendeu, aos 18 anos, indicação ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante. Mas o vício crescente em drogas pesadas abreviou sua carreira. Ele morreu de overdose em outubro de 1993. (Foto: Divulgação e Alan Light/Creative Commons)

Fonte: Revista Monet

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe do nosso blog, comentando, sugerindo e deixando o seu recado.

Postagens populares

Total de visualizações de página

Páginas