Quem sou eu

Minha foto

Me chamo Rogério Rocha. Sou maranhense da cidade de São Luís, mas na verdade me sinto um cidadão do mundo. Sou pós-graduado em Direito Constitucional (Universidade Anhanguera-Uniderp-LFG), pós-graduado em Ética (IESMA), Graduado em Filosofia e Direito (UFMA), mestrando em Criminologia na Universidade Fernando Pessoa (Porto/Portugal). Atualmente sou Servidor do Poder Judiciário do meu estado. Exerci a advocacia durante 6 anos de minha vida,atuando nas áreas de Direito Civil (Família), Direito do Trabalho e do Consumidor. Fui professor do CEFET- MA (atual IFMA) por 2 anos, período em que lecionei tanto para o ensino médio quanto para os alunos de áreas técnicas as disciplinas de Sociologia, Filosofia e Metodologia do Trabalho Científico. Escrevo poesias desde os 12 anos de idade. Homem livre e de bons costumes, amante da música, da arte, da história e de viagens. Obs.: Postgraduate in Constitutional Law (University Anhanguera-Uniderp-LFG), Postgraduate in Ethics (IESM), graduated in Philosophy and Law (College); Public Server at Judiciary Power, Teacher, Poet.

sábado, 24 de janeiro de 2015

Respondendo a um obrigado (versão beta 1.4)

Esse post, sobre as diversas (e divertidas) formas de se responder a um obrigado, foi publicado originalmente no site Conversildo e passamos a reproduzir aqui em nossa página.


Há diversas formas de responder a um gracioso agradecimento recebido de uma pessoa. 

Por enquanto, encontramos os casos abaixo. 

Vamos pesquisar, manter os ouvidos e olhos abertos para as vozes das ruas. E também abertos às contribuições dos leitores, fiquem à vontade para enviar comentários. Obrigado.




Dispensando o obrigado:
magina
- não tem de quê
- não há de quê
- não tem por onde (é também um dos bordões do Chaves)
- imagina, que é isso..
- não precisa agradecer
diboatruta/velho/mano/chefe
sussa
- não precisa agradecer, sou pago para isso/é minha obrigação.
- por nada / de nada (incluído em 01/03/2013 - contribuição da Luciana L.F.)
- não tem importância (incluído em 07/07/2013 - Fala do filme 'Sábado' [trecho])

Bumerangue:
obrigado você / obrigado eu (curiosamente, são a mesma coisa, acho...)
obrigado digo eu
- eu é que agradeço
- gratidão eu (incluído em 19/12/2013)

Disponibilidade infinita:
fique a vontade sempre que precisar
- sempre ao seu dispor (incluído em 25/06/2012)
- meu nome é [nome], sempre ao seu dispor (incluído em 25/06/2012)
disponha sempre
sempre às ordens
- às ordens
agradecemos a preferência (e aceitamos encomenda para festas) (incluído em19/09/2012)
- servimos mais ou menos para servir de vez em quando (incluído em 08/02/2013)
- atendemos bem para atender sempre (incluído em 03/07/2012)

Fonte: Blog Tatu Interativo apud email da Vanessa
Incluído em 18/09/2012 


Contabilidade:
depois eu mando a conta
- déreau (R$10)
cincopila (R$5)
fica me devendo um

Prazerosos:
- é sempre um prazer poder te ajudar
- é uma satisfação poder contribuir
- eu é que agradeço a oportunidade de poder ter por um momento a sua agradável companhia. (mesmo que seja em razão de um obrigado por emprestar dinheiro) (incluído em 20/09/2012)

Bulling Ortográfico:
- Há! Peguei você, você falou obrigadA. ObrigadA é para meninas, você é menino. Meninos usam obrigadO.

Bulling Vernacular:
(Não tenho palavras para te agradecer)
- Mas eu te empresto meu dicionário.
(incluído em 16/04/2014) 

Mistério e grunidos:
- (apenas fazer silêncio diante do obrigado)
- hã.. hum.. sim claro...
- é tá
deixa pra lá
huhum

Recusar o obrigado:
O homem sozinho não quer agradecimentos (por Allan Sieber)

Indo longe demais:
- Não precisa agradecer, faço isso para me humilhar no sentido bom da palavra, qual seja: praticar humildade. Humildade não é algo que se tem, mas que se pratica. Vem de humus, terra fértil, na qual se pode plantar e ver crescer... Posso ajudar em mais alguma coisa?

Trocadilho, o fundo do poço ("Po[ç]sso?" Pode) 

- Disponha ("Di[s]z ponha" -> Ponha!) (incluído em 9/01/2013)
- Disponha sempre (Ponha ponha ponha ponha...) (incluído em 9/01/2013)
- Não precisa agradecer, nem agrasubir.  (incluído em 9/01/2013)

Fonte: Conversildo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe do nosso blog, comentando, sugerindo e deixando o seu recado.

Postagens populares

Total de visualizações de página

Páginas