Quem sou eu

Minha foto

Me chamo Rogério Rocha. Sou maranhense da cidade de São Luís, mas na verdade me sinto um cidadão do mundo. Sou pós-graduado em Direito Constitucional (Universidade Anhanguera-Uniderp-LFG), pós-graduado em Ética (IESMA), Graduado em Filosofia e Direito (UFMA), mestrando em Criminologia na Universidade Fernando Pessoa (Porto/Portugal). Atualmente sou Servidor do Poder Judiciário do meu estado. Exerci a advocacia durante 6 anos de minha vida,atuando nas áreas de Direito Civil (Família), Direito do Trabalho e do Consumidor. Fui professor do CEFET- MA (atual IFMA) por 2 anos, período em que lecionei tanto para o ensino médio quanto para os alunos de áreas técnicas as disciplinas de Sociologia, Filosofia e Metodologia do Trabalho Científico. Escrevo poesias desde os 12 anos de idade. Homem livre e de bons costumes, amante da música, da arte, da história e de viagens. Obs.: Postgraduate in Constitutional Law (University Anhanguera-Uniderp-LFG), Postgraduate in Ethics (IESM), graduated in Philosophy and Law (College); Public Server at Judiciary Power, Teacher, Poet.

domingo, 1 de setembro de 2013

COQUETEL - A MARCA E A HISTÓRIA



Cruzar palavras, descobrir significados, exercitar o raciocínio e o cérebro, além de ampliar o conhecimento. É exatamente isso que as revistas de passatempo COQUETEL oferecem, quer seja para estudantes, donas de casa, idosos ou profissionais bem-sucedidos de várias áreas. As revistas oferecem conteúdo cultural gerando uma diversão inteligente e saudável para milhões de brasileiros. 

A história 
No Brasil, as revistas COQUETEL se transformam em sinônimos de palavras cruzadas. Mas afinal, como surgiu e quem inventou as divertidas palavras cruzadas? O surgimento aconteceu no ano de 1913 quando o visionário jornalista Arthur Wynne, então ocupando o cargo de editor do jornal americano The New York World, decidiu lançar uma novidade na seção de passatempos da edição dominical: um diagrama que ele denominou de “Crosswords”. Com o passar dos anos, a novidade virou mania nacional para milhões de pessoas e os Estados Unidos se consagraram como o país que mais consome palavras cruzadas no mundo.


Mas esse divertido passatempo só chegou ao Brasil em 1925 quando o jornal A Noite passou a publicá-lo e atribui-lhe o nome de “palavras cruzadas”, tradução da palavra inglesa “crosswords”. Foi no ano de 1948 que a Editora Gertum Carneiro (atual Ediouro) resolveu apostar nesse segmento e lançou no país a primeira revista de palavras cruzadas. Com o nome de COQUETEL, essa publicação inaugurou um ramo editorial até então carente e revolucionou o mercado brasileiro (hoje o 4º maior mercado de passatempos do mundo). Em uma época em que não havia TV, videocassete, computador e internet, famílias numerosas costumavam preencher o tempo livre com passatempos como adivinhações e charadas. Ao ser editada a primeira revista de palavras cruzadas, o sucesso foi imediato.


Diferentemente dos Estados Unidos, onde as palavras cruzadas apresentam as chaves, ou definições, fora do diagrama, aqui no Brasil tornaram-se mais populares as palavras cruzadas diretas, ou seja, com chaves, ou definições, dentro dos diagramas. Esse tipo de palavras cruzadas foi criado e desenvolvido pelos alemães e introduzido justamente pela COQUETEL. Com o enorme sucesso, nos anos seguintes a COQUETEL começou a publicar outros tipos de passatempo, como por exemplo, caça-palavras, duplex, criptogramas (passatempo em que se descobre uma palavra por meio de símbolos, que equivalem a letras), jogo dos erros e desafios de lógica. Mais recentemente, em 2005, a COQUETEL lançou no país o popular quebra-cabeça matemático, conhecido como Sudoku. Não demorou muito para este tipo de passatempo se tornar um verdadeiro sucesso entre muitos brasileiros. No ano seguinte, lançou a revista Logic Pix, trazendo aos brasileiros os jogos de lógicas japoneses.


Ainda em 2006, a COQUETEL alcançou um feito e tanto ao entrar para o Guinness Book, o livro dos recordes. A conquista ocorreu graças à produção da“Maior Palavra Cruzada Direta do Mundo”, que possuía medidas gigantescas: 25 metros de largura por 1,30 metros de altura e 16 mil quadrinhos com aproximadamente 3 mil definições. O feito pôde ser visto e acompanhado por inúmeras pessoas que visitaram a décima nona edição da Bienal do Livro de São Paulo. E não parou por aí. Criou ainda a “Maior Caça-Palavra do Mundo”, com nada menos que 3,20 metros de largura por 1,30 metros de altura e 18 mil letras.


As revistas COQUETEL passaram por inúmeras transformações, sempre se modernizando, renovando e inovando para crescer junto com seu público. O crescimento não foi apenas no catálogo de publicações. A COQUETEL se empenhou em novos projetos, como por exemplo, os jogos de tabuleiro, licenciados e produzidos pela Grow; e, de olho nas novas tendências, expandiu seus passatempos para novas mídias. Ou seja: transpôs seus maiores sucessos das bancas para o ambiente online. Por isso hoje, é possível jogar os tradicionais passatempos em seu site e até nos celulares. Isso sem contar com os desafios realizados com seus seguidores nos perfis da marca no Facebook e no Twitter.


Atualmente as revistas COQUETEL são abrangentes, pois possuem diversos títulos voltados para públicos específicos, como, por exemplo, o infantil, suprido por títulos como “Picolé” (faixa etária de 5 a 12) e “Brincando e Aprendendo”. As edições variam por níveis de dificuldade (fácil, simples médio, difícil, desafio, letrão), formatos e tipos de passatempos (incluindo palavras cruzadas em inglês). A empresa cultiva, paralelamente, um programa solidário chamado “Coquetel nas escolas”, que tem como objetivo auxiliar crianças de todo o Brasil a aprimorar o aprendizado com a ajuda dos passatempos de suas revistas. Aproximadamente 16.000 instituições de ensino utilizam as revistas como forma de ensinar através do lúdico as matérias da grade curricular.


A evolução visual 
A identidade visual da marca passou por algumas modificações ao longo dos anos. Há alguns anos atrás, o logotipo passou a ser aplicado na vertical e não mais na horizontal.


Os slogans 
Bom pra cabeça. (2011) 
Qualquer hora, em qualquer lugar. (2008) 
Atitude Saudável. (2008) 
Não esquenta, faça Coquetel. 



Dados corporativos 
● Origem: Brasil 
● Lançamento: 1948 
● Criador: Editora Gertum Carneiro S.A. 
● Sede mundial: Rio de Janeiro, Brasil 
● Proprietário da marca: Empresas Ediouro Publicações Ltda. 
● Capital aberto: Não 
● Diretor executivo: Rogério Ventura 
● Faturamento: Não divulgado 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: Não (presente somente no Brasil) 
● Segmento: Passatempo e entretenimento 
● Principais produtos: Palavras cruzadas, caça-palavras, problemas de lógica e jogo dos erros 
● Concorrentes diretos: A Recreativa 
● Ícones: As palavras-cruzadas 
● Slogan: Bom pra cabeça. 
● Website: www.coquetel.com.br 

A marca no Brasil 
Hoje em dia a COQUETEL, uma divisão da Ediouro Publicações voltada exclusivamente para a área de passatempos, publica mais de 90 revistas mensais com os mais variados tipos de passatempos, desde palavras cruzadas e jogo dos erros, até jogos de lógica e desafios numéricos. Suas revistas estão disponíveis em todas as bancas e revistarias do Brasil. E cada vez mais os produtos da marca estão presentes em supermercados, lojas de varejo e de conveniência, postos de gasolina, quiosques. Com tiragens que podem chegar a mais de 600 mil exemplares, as revistas atingem 5 milhões de leitores por mês. Aproximadamente 62% de seu mercado é concentrado no estado de São Paulo. A COQUETEL também atua produzindo passatempos para mais de 600 jornais de todo o Brasil. 

Você sabia? 
● Em 2007, por sua vasta experiência no segmento a COQUETEL foi escolhida pela World Puzzle Federation para organizar o World Puzzle Championshippela primeira vez no país. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Isto é Dinheiro, Época Negócios e Exame), jornais (Meio Mensagem), sites especializados em Marketing e Branding (Mundo Marketing) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 
Fonte principal: Mundo das Marcas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe do nosso blog, comentando, sugerindo e deixando o seu recado.

Postagens populares

Total de visualizações de página

Páginas