Quem sou eu

Minha foto

Me chamo Rogério Rocha. Sou maranhense da cidade de São Luís, mas na verdade me sinto um cidadão do mundo. Sou pós-graduado em Direito Constitucional (Universidade Anhanguera-Uniderp-LFG), pós-graduado em Ética (IESMA), Graduado em Filosofia e Direito (UFMA), mestrando em Criminologia na Universidade Fernando Pessoa (Porto/Portugal). Atualmente sou Servidor do Poder Judiciário do meu estado. Exerci a advocacia durante 6 anos de minha vida,atuando nas áreas de Direito Civil (Família), Direito do Trabalho e do Consumidor. Fui professor do CEFET- MA (atual IFMA) por 2 anos, período em que lecionei tanto para o ensino médio quanto para os alunos de áreas técnicas as disciplinas de Sociologia, Filosofia e Metodologia do Trabalho Científico. Escrevo poesias desde os 12 anos de idade. Homem livre e de bons costumes, amante da música, da arte, da história e de viagens. Obs.: Postgraduate in Constitutional Law (University Anhanguera-Uniderp-LFG), Postgraduate in Ethics (IESM), graduated in Philosophy and Law (College); Public Server at Judiciary Power, Teacher, Poet.

sábado, 9 de fevereiro de 2013

Liga da Justiça em problemas? História será inteiramente reescrita


O projeto, ainda sem diretor ou elenco definido, acabou de ter seu roteiro rejeitado.
por Bruno Carmelo


O projeto de Liga da Justiça está passando por dificuldades no momento. Ainda sem diretor ou elenco definidos, ele só vai começar a ser produzido após os resultados de bilheteria de O Homem de Aço, nova aventura do Superman. A apreensão do estúdio é compreensível, já que o filme O Lanterna Verde foi um fracasso, e a bem-sucedida trilogia do Cavaleiro das Trevas pode ser recente demais para que o público aceite outro ator no papel de Batman.

Para complicar a situação, nenhum novo vídeo de O Homem de Aço foi apresentado durante o Super Bowl, onde quase todas as superproduções marcaram presença. Por que tanto mistério em torno deste filme? O clima de tensão se acentuou quando o executivo Mark Millar, consultor da Fox para os filmes da Marvel, descreveu Liga da Justiça como "uma ótima maneira de desperdiçar 200 milhões de dólares", falando que os personagens estão "fora de moda". Os super-heróis em questão são a Mulher Maravilha, o Superman, Batman, Flash e o Lanterna Verde.

A Warner parece concordar com esta versão, já que decidiu recomeçar do zero a construção do roteiro. A história original foi escrita por Will Beall, autor de Caça aos Gângsteres, que não agradou nem ao público, nem aos produtores. Por isso, outros roteiristas devem ser contratados, e a nova trama deve ser criada o quanto antes. Mas os estúdios ainda estão otimistas: apesar de todos os problemas, o lançamento de Liga da Justiça continua previsto para 2015.

Fonte: Adoro Cinema - Screen Rant

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe do nosso blog, comentando, sugerindo e deixando o seu recado.

Postagens populares

Total de visualizações de página

Páginas