Quem sou eu

Minha foto

Me chamo Rogério Rocha. Sou maranhense da cidade de São Luís, mas na verdade me sinto um cidadão do mundo. Sou pós-graduado em Direito Constitucional (Universidade Anhanguera-Uniderp-LFG), pós-graduado em Ética (IESMA), Graduado em Filosofia e Direito (UFMA), mestrando em Criminologia na Universidade Fernando Pessoa (Porto/Portugal). Atualmente sou Servidor do Poder Judiciário do meu estado. Exerci a advocacia durante 6 anos de minha vida,atuando nas áreas de Direito Civil (Família), Direito do Trabalho e do Consumidor. Fui professor do CEFET- MA (atual IFMA) por 2 anos, período em que lecionei tanto para o ensino médio quanto para os alunos de áreas técnicas as disciplinas de Sociologia, Filosofia e Metodologia do Trabalho Científico. Escrevo poesias desde os 12 anos de idade. Homem livre e de bons costumes, amante da música, da arte, da história e de viagens. Obs.: Postgraduate in Constitutional Law (University Anhanguera-Uniderp-LFG), Postgraduate in Ethics (IESM), graduated in Philosophy and Law (College); Public Server at Judiciary Power, Teacher, Poet.

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Tempestade solar pode afetar 130 mi de americanos


Divulgação/NASA
São Paulo - A Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos anunciou que uma gigante tempestade solar pode destruir mais de 300 dos 2.100 transformadores de alta voltagem dos EUA nos próximos dois anos. Com isso, mais de 130 milhões de americanos poderiam ser afetados.
O Sol tem ciclos de atividade de aproximadamente 11 anos, com períodos mais intensos. O próximo auge desse ciclo está previsto para acontecer em 2013. Por isso, as agências federais já buscam maneiras de preparar os EUA para uma grande tempestade solar.
As tempestades são causadas pelas manchas solares, regiões onde há uma redução de temperatura e pressão das massas gasosas no Sol, relacionadas ao seu campo magnético. Com essa grande tempestade solar, outros países podem sofrer impacto. Porém, os Estados Unidos devem sofrer mais porque o sistema de energia é mais amplo e interconectado.
Especialistas estimam um risco de até 7% de uma grande tempestade em 2013. Apesar dos riscos de uma catástrofe serem pequenos, os efeitos seriam parecidos com a do impacto de um grande meteorito em colisão com o planeta. Os locais mais vulneráveis estão no terço leste dos EUA, do Meio-Oeste à costa atlântica e no Noroeste do país.
Esses transformadores formam a espinha dorsal da rede elétrica dos EUA. Durante essa forte tempestade solar, pode acontecer um blecaute de longa duração. O relatório da Academia Nacional de Ciências estimou que as falhas ou danos permanentes em aproximadamente 360 transformadores devem exigir a substituição do equipamento.
Por isso, o governo americano e a iniciativa privada acreditam que esse é um problema complexo que exige uma solução coordenada para que não fique muito caro e não dure muito tempo. A troca do equipamento pode levar mais de um ano. Além disso, o custo somente no primeiro ano após a tempestade poderia chegar a US$ 2 trilhões. Com isso, segundo informações da agência de notícias Reuters, mais de 130 milhões de pessoas nos EUA poderiam ser afetadas.
Fonte: info.abril.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe do nosso blog, comentando, sugerindo e deixando o seu recado.

Postagens populares

Total de visualizações de página

Páginas