Quem sou eu

Minha foto

Me chamo Rogério Rocha. Sou maranhense da cidade de São Luís, mas na verdade me sinto um cidadão do mundo. Sou pós-graduado em Direito Constitucional (Universidade Anhanguera-Uniderp-LFG), pós-graduado em Ética (IESMA), Graduado em Filosofia e Direito (UFMA), mestrando em Criminologia na Universidade Fernando Pessoa (Porto/Portugal). Atualmente sou Servidor do Poder Judiciário do meu estado. Exerci a advocacia durante 6 anos de minha vida,atuando nas áreas de Direito Civil (Família), Direito do Trabalho e do Consumidor. Fui professor do CEFET- MA (atual IFMA) por 2 anos, período em que lecionei tanto para o ensino médio quanto para os alunos de áreas técnicas as disciplinas de Sociologia, Filosofia e Metodologia do Trabalho Científico. Escrevo poesias desde os 12 anos de idade. Homem livre e de bons costumes, amante da música, da arte, da história e de viagens. Obs.: Postgraduate in Constitutional Law (University Anhanguera-Uniderp-LFG), Postgraduate in Ethics (IESM), graduated in Philosophy and Law (College); Public Server at Judiciary Power, Teacher, Poet.

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Outlook.com é tiro de canhão da Microsoft na guerra contra o Google


O novo serviço da Microsoft, o Outlook.com, é mais do que uma atualização para o serviço de e-mail gratuito. É também um ataque frontal ao rival Google.
Na terça-feira (31/7), a empresa revelou a novidade. Essa repaginação permitirá que contas Outlook.com sejam sincronizadas com uma porção de dispositivos - incluindo redes sociais como o Facebook, Twitter e LinkedIn.
“Enquanto muitas pessoas, particularmente jovens, confiam mais em redes sociais para trocar mensagens, o e-mail ainda é o método preferido para manter conversas longas”, disse o analista da Moor Insights & Strategy, Patrick Moorhead. “A Microsoft quer desesperadamente ficar o mais longe possível do Hotmail. O serviço ficou defasado e precisou ser substituído por mídias mais ricas, com fotos e vídeo, conexão com redes sociais, comunicação por vídeo e bate-papo.”
Enquanto a MS planeja substituir o Hotmail pelo Outlook.com, a companhia também espera que o mesmo aconteça com o serviço de e-mail da Google, o Gmail, para uma boa parte dos usuários. Isso seria um golpe para a gigante de Mountain View, que se tornou um dos maiores concorrentes da Microsoft em diferentes meios - incluindo serviços gratuitos de e-mails, busca, navegadores, sistemas operacionais e aplicativos em nuvem voltado para empresas.
“Ele é certamente um concorrente para o Gmail e, até onde posso dizer, um dos bons”, afirmou o analista da The Gabriel Consulting Group, Dan Olds. “O Hotmail ainda possui mais usuários que o serviço de e-mail do Google, no entanto, essa diferença está ficando menor. A Microsoft quer manter a liderança, ou até mesmo expandi-la.”
Duplo propósito
Entretanto, esse não é o único propósito da empresa de Bill Gates, de acordo com Olds. O segundo golpe é reforçar a sua base de aplicativos baseados em nuvem para empresas - ponto importantíssimo na competição com o Google Apps. Por enquanto, a Microsoft está anunciando o Outlook.com como uma ferramenta para o consumidor. Mas Dan diz para não se deixar enganar: o Gmail foi anunciado como um serviço para o usuário final, mas serviu como porta de entrada para aplicativos da própria empresa em muitas companhias.

Ele também observou que a novidade pode ser atualizada para se tornar um app de pleno direito da empresa em um futuro não tão distante. “O interessante é como essa nova plataforma de e-mail ajudará a chamar a atenção e agirá como um trampolim para os serviços de nuvem que estão emergindo da Microsoft”, adicionou. “Um Outlook.com renovado pode ajudar a companhia a convencer mais usuários a adicionar suas funcionalidades de nuvem em suas instalações do Office, e assim converter uma porcentagem significativa deles para assinantes pagos”.
A Microsoft e o Google têm disputado o mercado de apps corporativos por um bom tempo. Há muito dinheiro a ser feito vendendo para esse público, e ambas querem uma fatia dele. A companhia de Redmond possui uma vantagem porque seu pacote Office tem sido dominante nesse mercado mundial. De qualquer forma, a empresa de Montain View entrou nos negócios de nuvem antes de seu rival.
Com ambas as companhias tentando atrair os usuários corporativos, um serviço de e-mail avançado, com 'consciência social', como o Outlook.com, poderia ser uma boa porta de entrada para as empresas. “Em longo prazo, o Outlook.com foi projetado para que os consumidores se afastem do Gmail, mas a Microsoft primeiro precisa estabelecer que estejam no jogo”, disse Moorhead. “Eu acredito que a Microsoft está no jogo, e se a empresa pudesse promover seus recursos sociais, pode afastar as pessoas do Google”.
Fonte: IDG Now!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe do nosso blog, comentando, sugerindo e deixando o seu recado.

Postagens populares

Total de visualizações de página

Páginas