Quem sou eu

Minha foto

Me chamo Rogério Rocha. Sou maranhense da cidade de São Luís, mas na verdade me sinto um cidadão do mundo. Sou pós-graduado em Direito Constitucional (Universidade Anhanguera-Uniderp-LFG), pós-graduado em Ética (IESMA), Graduado em Filosofia e Direito (UFMA), mestrando em Criminologia na Universidade Fernando Pessoa (Porto/Portugal). Atualmente sou Servidor do Poder Judiciário do meu estado. Exerci a advocacia durante 6 anos de minha vida,atuando nas áreas de Direito Civil (Família), Direito do Trabalho e do Consumidor. Fui professor do CEFET- MA (atual IFMA) por 2 anos, período em que lecionei tanto para o ensino médio quanto para os alunos de áreas técnicas as disciplinas de Sociologia, Filosofia e Metodologia do Trabalho Científico. Escrevo poesias desde os 12 anos de idade. Homem livre e de bons costumes, amante da música, da arte, da história e de viagens. Obs.: Postgraduate in Constitutional Law (University Anhanguera-Uniderp-LFG), Postgraduate in Ethics (IESM), graduated in Philosophy and Law (College); Public Server at Judiciary Power, Teacher, Poet.

domingo, 1 de julho de 2012

Guitarristas: 15 músicos que certamente você não conhece


Akira Takasaki
guitarrista do Loudness sem dúvida é um nome que merece aparecer. Influenciado por Van Halen, o japonês mostrou, em todos estes anos frente à sua banda que ele é excelente. Seus trabalhos solo, pouco conhecidos também, são muito bem executados, sem deixar dúvidas da qualidade ou técnica.
Danny Gatton
Não tenho muito o que dizer sobre este excelente guitarrista, que fusionou rockabilly, jazz e country, para criar um estilo próprio. Foi considerado um ‘telemaster’, mostrando muita versatilidade e precisão. Ele foi chamado também de “O melhor guitarrista desconhecido do mundo”.
Michael Angelo Batio
Ambidestro e veloz, Batio é um guitarrista excepcional. Bacharel em Teoria Musical, começou a tocar por volta dos dez anos. Chegou a ser expulso de alguns bares, coma a alegação de que não sabia tocar e só fazer barulho. No vídeo acima ele toca com uma guitarra de dois braços, demonstrando a capacidade de tocar grandes solos de músicas consagradas no rock e no metal, dando aos seus expectadores uma performance única e original.
David Fiuczynski
Músico de jazz fusion, David demonstra versatilidade, sendo conhecido como “o guitarrista de jazz que não quer tocar somente jazz”. Ele é o líder do Screaming Headless Torsos, banda que o tornou mais conhecido. Além disto é um workaholic, tendo trabalhado em mais de 95 discos como músico convidado.
Susan Tedeschi
Não é muito comum ver mulheres figurarem como grandes guitarristas. Uma pena, uma vez que temos excelentes guitarristas, como no caso de Susan Tedeschi. Ela toca blues e soul, tendo recebido diversos Grammies. Foi influenciada por grandes mestres, como Buddy Guy, Johnny "Guitar" Watson, Stevie Ray Vaughan, Freddie King e Doyle Bramhall II e até participou de uma música do Eric Clapton. Neste vídeo, com um belíssimo solo de blues, podemos notar o quanto ela é excelente em tocar guitarra. Infelizmente falta reconhecimento pelo grande público.
Nori Bucci
Outra mulher na lista, Nori Bucci não faz feio. Sua combinação de folk, fusion, música clássica, rock e jazz impressiona pela versatilidade. E ainda por cima em Junho de 2002 foi uma das cinco finalistas na "North American Rock Guitar Competition" e em novembro de 2003 ganhou o prêmio de melhor guitarrista de rock no "Buffalo Music Awards". Ou seja, pouca coisa ela não é, sem dúvida alguma.
Michael Lee Firkins
Michael é um shredder com alma. Ele fez parte do grupo de Mike Varney, pertencente a Shrapnel Records. Ele mescla influências de bluegrass, country, blues e jazz com a distorção do rock. Aqui ele está tocando "Runaway Train" ao vivo.
Emily Remler
Emily Remler é conhecida nos círculos de jazz. Ela foi uma guitarrista tradicional do jazz. Infelizmente, ela morreu de uma overdose muito jovem anos de idade, 32 anos. Isto é de um de seus vídeos instrucionais, "Afro Blue" de John Coltrane.
Dave Hole
Conhecido como um guitarrista que toca um misto de blues com rock’n’roll, Dave Hole apareceu em publicações importantes como Guitar World, Guitar for the Practicing Musician, Billboard, Audio, Spin, The Chicago Tribune e The Denver Post. Conhecido por sua técnica de slide, que utiliza um Bottleneck no dedo indicador (quando normalmente se utiliza no anelar), considerado por alguns como a maneira “errada” de se fazer slide.
Rory Block
Rory é uma grande guitarrista de blues, muito respeitada no meio. Seu estilo é um bocado incomum para o gênero, com algumas quebras rítmicas bem interessantes. Já tocou com grandes nomes como Mississippi John Hurt, Reverend Gary Davis e Son House.
Oz Noy
Oz é um guitarrista de Israel e hoje mora em Nova York. Ele é um músico de estúdio muito bem estabelecido, trabalhando inclusive com Anton Fig & Will Lee da banda David Letterman. Começou a tocar com treze anos de idade e aos 24 foi considerado o melhor guitarrista do país.
Scotty Anderson
Scotty é um daqueles músicos que fará seu queixo cair. Se você tem procurado o herdeiro do grande Chet Atkins, aqui está ele. Neste clipe você ouvi-lo tocar uma música de jazz, "Caravan".
Jennifer Batten
Jennifer foi instrutora no Guitar Institute of Technology em Los Angeles, então tocou com Michael Jackson nos discos Bad (1987), Dangerous (1992) e HIStory (1996), além de algumas turnês. Ela é uma das expoentes no estilo 2-hand tapping. Neste vídeo podemos ver uma versão diferente de The Flight Of The Bumblebee.
Shawn Lane
Aclamado por muitos como o mais rápido guitarrista do mundo, Shawn começou a ganhar dinheiro com música a partir de sua adolescência com o Black Oak Arkansas, seguido por muitos anos de obscuridade tocando em bandas locais do Memphis para alimentar sua família, depois fez seu maior sucesso com Jonas Hellborg. Shawn estava explorando a música tradicional indiana, pouco antes de morrer de uma doença de pulmão aos 40 anos de idade. Aqui é o seu "Savitri", que deve ter sido gravado pouco antes de sua morte. É realmente estranho e legal.
Allan Holdsworth
É, sem dúvidas, um dos maiores nomes de todos os tempos. Combina a técnica com o comprometimento com a música, criando melodias complexas, harmoniosas, com velocidade e sem abusos. É citado como influência por pesos pesados como Eddie Van Halen, Joe Satriani, Greg Howe, Shawn Lane, Richie Kotzen e John Petrucci. Isto já o torna extremamente. Ele transita entre o Jazz fusion, jazz, free jazz e o progressive rock, com suas melodias complexas, explorando as diversas possibilidades que as escalas proporcionam.


Fonte: Guitarristas: 15 músicos que certamente você não conhece - Matérias e Biografias http://whiplash.net/materias/biografias/145305.html#ixzz1zKvGMIhK

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe do nosso blog, comentando, sugerindo e deixando o seu recado.

Postagens populares

Total de visualizações de página

Páginas