Quem sou eu

Minha foto

Me chamo Rogério Rocha. Sou maranhense da cidade de São Luís, mas na verdade me sinto um cidadão do mundo. Sou pós-graduado em Direito Constitucional (Universidade Anhanguera-Uniderp-LFG), pós-graduado em Ética (IESMA), Graduado em Filosofia e Direito (UFMA), mestrando em Criminologia na Universidade Fernando Pessoa (Porto/Portugal). Atualmente sou Servidor do Poder Judiciário do meu estado. Exerci a advocacia durante 6 anos de minha vida,atuando nas áreas de Direito Civil (Família), Direito do Trabalho e do Consumidor. Fui professor do CEFET- MA (atual IFMA) por 2 anos, período em que lecionei tanto para o ensino médio quanto para os alunos de áreas técnicas as disciplinas de Sociologia, Filosofia e Metodologia do Trabalho Científico. Escrevo poesias desde os 12 anos de idade. Homem livre e de bons costumes, amante da música, da arte, da história e de viagens. Obs.: Postgraduate in Constitutional Law (University Anhanguera-Uniderp-LFG), Postgraduate in Ethics (IESM), graduated in Philosophy and Law (College); Public Server at Judiciary Power, Teacher, Poet.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Principais causas de morte nos EUA

Causas de muerte en EE.UU. -  cáncer, Alzheimer, enfermedades cardíacas por Sonia Ramirez



ATLANTA (AP) - Pela primeira vez em 45 anos, o homicídio desapareceu da lista das 15 principais causas de morte nos Estados Unidos, foi o que disse nesta quarta-feira a agência de saúde federal.

Os homicídios caíram de tal maneira em 2010 que foram superados por uma doença respiratória chamada pneumonia, que afeta principalmente pessoas com 75 anos de idade ou mais. Esta é a primeira vez desde 1965 que o assassinato sai da lista, de acordo com o Centers for Disease Control and Prevention (CDC por sua sigla em Inglês).


O relatório anual do CDC sobre mortes contém várias notícias positivas:
- A mortalidade infantil caiu para 6,14 mortes por mil nascimentos em 2010. O ano anterior foi 6,39.
- A vida média americana para crianças nascidas em 2010 é cerca de 78 anos e oito meses, pouco mais de um mês do que os nascidos em 2009.

- As doenças cardíacas e câncer continuam a ser as mais mortais, respondendo por quase metade das mais de 2,4 milhões de mortes em 2010, mas a taxa de casos continua a diminuir.

A taxa de mortes em cinco outras categorias também caiu em 2010, incluindo derrame, doenças respiratórias crônicas, acidentes, gripe / pneumonia e infecções no sangue.

Em vez disso, a taxa de mortalidade aumentou entre os pacientes com Alzheimer, a sexta maior causa de mortes no país, doenças renais (oitava causa), doença hepática crônica e cirrose (n º 12), doença de Parkinson (No. 14) e pneumonite.

Historicamente, o assassinato tem figurado na lista abaixo. Sua maior pontuação na última década foi o 13 º. lugar em 2001 e esta posição deu-se em parte devido aos ataques de 11/09.

As taxas de homicídios tem diminuído nos últimos anos em Nova York, Detroit, Washington e outras grandes cidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe do nosso blog, comentando, sugerindo e deixando o seu recado.

Postagens populares

Total de visualizações de página

Páginas