Quem sou eu

Minha foto

Me chamo Rogério Rocha. Sou maranhense da cidade de São Luís, mas na verdade me sinto um cidadão do mundo. Sou pós-graduado em Direito Constitucional (Universidade Anhanguera-Uniderp-LFG), pós-graduado em Ética (IESMA), Graduado em Filosofia e Direito (UFMA), mestrando em Criminologia na Universidade Fernando Pessoa (Porto/Portugal). Atualmente sou Servidor do Poder Judiciário do meu estado. Exerci a advocacia durante 6 anos de minha vida,atuando nas áreas de Direito Civil (Família), Direito do Trabalho e do Consumidor. Fui professor do CEFET- MA (atual IFMA) por 2 anos, período em que lecionei tanto para o ensino médio quanto para os alunos de áreas técnicas as disciplinas de Sociologia, Filosofia e Metodologia do Trabalho Científico. Escrevo poesias desde os 12 anos de idade. Homem livre e de bons costumes, amante da música, da arte, da história e de viagens. Obs.: Postgraduate in Constitutional Law (University Anhanguera-Uniderp-LFG), Postgraduate in Ethics (IESM), graduated in Philosophy and Law (College); Public Server at Judiciary Power, Teacher, Poet.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

José Aldo limpa categoria e fica livre para unificar cinturões


exto:
Foto: UFC
José Aldo deixou poucos rivais sobrando nos pesos penas do UFC
Está ficando cada vez mais difícil encontrar novos desafiantes para José Aldo. Com a vitória sobre Chad Mendes no UFC Rio, o brasileiro eliminou o último grande rival do peso pena do UFC. Agora, ele ganhou a liberação do presidente Dana White para disputar o título da categoria de cima e unificar dois cinturões da entidade.

Foto: Getty ImagesAmpliar
Aldo nocauteia Chad Mendes e vai em direção à torcida brasileira

“As pessoas me perguntam sobre ele subir de categoria toda hora. Isso depende dele. Não teria nenhum problema se ele subisse para brigar pelo título contra Frankie Edgar ou ficasse no peso atual. É uma escolha dele”, ressaltou Dana White.


Com um total de 14 vitórias consecutivas no peso pena – sendo três no UFC e oito no extinto WEC – José Aldo já soma seis anos de invencibilidade na categoria. Neste meio tempo, ele encarou e derrotou a maioria das estrelas dos penas, como Mike Brown, Urijah Faber, Kenny Florian e o próprio Chad Mendes.


No último sábado, ele repetiu a boa forma ao nocautear o norte-americano no último segundo do primeiro round. A performance do atleta do Flamengo rendeu uma série de elogios de Dana White, que também admitiu não ter ideia sobre quem poderia ser seu próximo adversário.

“O Aldo estava fantástico [no UFC Rio]. Dava para perceber que estava em grande forma e com a cabeça no lugar, muito focado. Ele derrotou um oponente incrível e com certeza está entre os melhores lutadores do mundo entre todos os pesos”, avaliou o chefão do UFC.
(Fonte: Esporte.IG)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe do nosso blog, comentando, sugerindo e deixando o seu recado.

Postagens populares

Total de visualizações de página

Páginas