Quem sou eu

Minha foto

Me chamo Rogério Rocha. Sou maranhense da cidade de São Luís, mas na verdade me sinto um cidadão do mundo. Sou pós-graduado em Direito Constitucional (Universidade Anhanguera-Uniderp-LFG), pós-graduado em Ética (IESMA), Graduado em Filosofia e Direito (UFMA), mestrando em Criminologia na Universidade Fernando Pessoa (Porto/Portugal). Atualmente sou Servidor do Poder Judiciário do meu estado. Exerci a advocacia durante 6 anos de minha vida,atuando nas áreas de Direito Civil (Família), Direito do Trabalho e do Consumidor. Fui professor do CEFET- MA (atual IFMA) por 2 anos, período em que lecionei tanto para o ensino médio quanto para os alunos de áreas técnicas as disciplinas de Sociologia, Filosofia e Metodologia do Trabalho Científico. Escrevo poesias desde os 12 anos de idade. Homem livre e de bons costumes, amante da música, da arte, da história e de viagens. Obs.: Postgraduate in Constitutional Law (University Anhanguera-Uniderp-LFG), Postgraduate in Ethics (IESM), graduated in Philosophy and Law (College); Public Server at Judiciary Power, Teacher, Poet.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Dica de Leitura: "História" - Heródoto

 

Contam que em 445 a.C., na deslumbrante Atenas, o sábio Herôdoto (ou Heródoto) teria lido pela primeira vez, em público, longos trechos de sua obra-prima: História. Num mundo como o de hoje, no qual as telecomunicações deixam-nos lado a lado com realidades múltiplas e distantes, e a internet nos mostra tudo em tempo real, talvez seja difícil imaginar a estupefação dos atenienses ao ouvir os relatos pormenorizados das viagens de Herôdoto, repletos de curiosidades, guerras, amores, traições, ritos e mitos. Talvez melhor assemelharmos a sua narrativa à de um viajante espacial que, após o retorno de outros mundos, põe-se a contar em minúcias tudo o que viu e ouviu.

Considerado o primeiro historiador, pela riqueza de detalhes, estilo soberbo e, principalmente, método apurado e honestidade intelectual, Herôdoto nasceu persa, em Halicarnassos. Sua vida comprova o lema dos grandes viajantes, para quem o ato mesmo de viajar amplia exponencialmente o conhecimento, quer pela apreensão de novas realidades, quer pela comparação entre a nossa cultura de origem e aquelas novas com as quais se tem contato.

Porém, viajar, por si só, não garante a ninguém a sabedoria e o aperfeiçoamento intelectual. Há que se ter a curiosidade própria dos que buscam continuamente. Não por outro motivo, o nome História cai bem à obra e bem ao autor: originalmente, historía significa busca, investigação, pesquisa.
Enfim, o livro é daqueles que merecem estar entre as maiores obras da humanidade, e sem a leitura da qual ninguém pode se autodenominar leitor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe do nosso blog, comentando, sugerindo e deixando o seu recado.

Postagens populares

Total de visualizações de página

Páginas