Quem sou eu

Minha foto

Me chamo Rogério Rocha. Sou maranhense da cidade de São Luís, mas na verdade me sinto um cidadão do mundo. Sou pós-graduado em Direito Constitucional (Universidade Anhanguera-Uniderp-LFG), pós-graduado em Ética (IESMA), Graduado em Filosofia e Direito (UFMA), mestrando em Criminologia na Universidade Fernando Pessoa (Porto/Portugal). Atualmente sou Servidor do Poder Judiciário do meu estado. Exerci a advocacia durante 6 anos de minha vida,atuando nas áreas de Direito Civil (Família), Direito do Trabalho e do Consumidor. Fui professor do CEFET- MA (atual IFMA) por 2 anos, período em que lecionei tanto para o ensino médio quanto para os alunos de áreas técnicas as disciplinas de Sociologia, Filosofia e Metodologia do Trabalho Científico. Escrevo poesias desde os 12 anos de idade. Homem livre e de bons costumes, amante da música, da arte, da história e de viagens. Obs.: Postgraduate in Constitutional Law (University Anhanguera-Uniderp-LFG), Postgraduate in Ethics (IESM), graduated in Philosophy and Law (College); Public Server at Judiciary Power, Teacher, Poet.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Empresas de ônibus têm até 2014 para ter 100% da frota adaptados para deficientes


Dos 1.280 ônibus que circulam na capital maranhense, apenas 424  ou 33,12% da frota são adaptados para pessoas com deficiência.

Em cumprimento ao requerimento feito pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Cidadania e pelo Ministério Público do Estado do Maranhão, por intermédio da Promotoria Especializada na Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, foi realizada, no mês de novembro, uma grande fiscalização encabeçada pela Gerência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/MA), órgão vinculado à Sedihc.

Na mira dos fiscais, a acessibilidade aos serviços de transporte coletivo terrestre. A acessibilidade é uma condição básica para a inclusão social das pessoas com deficiências ou mobilidade reduzida. Em nossa capital, que está em franco processo de expansão e crescimento populacional, e que a questão da mobilidade urbana é extremamente grave, é fundamental ter-se como prioritário para todos garantir a acessibilidade plena, inclusive para os transportes públicos.

Durante as fiscalizações, foram constatadas as seguintes informações: atualmente existem 1.280 (um mil duzentos e oitenta) circulando pelas ruas de São Luís. Desse total, apenas 424 (quatrocentos e vinte e quatro) ou 33,12% da frota são adaptados para pessoas com deficiência. Vale lembrar que as empresas de ônibus têm até o fim de 2014 para ter 100% da frota acessível, segundo um acordo feito pela Prefeitura de São Luís, Ministério Público e Empresas de Transporte Coletivo da Capital.

Fonte: Jornal O Imparcial

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe do nosso blog, comentando, sugerindo e deixando o seu recado.

Postagens populares

Total de visualizações de página

Páginas