Quem sou eu

Minha foto

Me chamo Rogério Rocha. Sou maranhense da cidade de São Luís, mas na verdade me sinto um cidadão do mundo. Sou pós-graduado em Direito Constitucional (Universidade Anhanguera-Uniderp-LFG), pós-graduado em Ética (IESMA), Graduado em Filosofia e Direito (UFMA), mestrando em Criminologia na Universidade Fernando Pessoa (Porto/Portugal). Atualmente sou Servidor do Poder Judiciário do meu estado. Exerci a advocacia durante 6 anos de minha vida,atuando nas áreas de Direito Civil (Família), Direito do Trabalho e do Consumidor. Fui professor do CEFET- MA (atual IFMA) por 2 anos, período em que lecionei tanto para o ensino médio quanto para os alunos de áreas técnicas as disciplinas de Sociologia, Filosofia e Metodologia do Trabalho Científico. Escrevo poesias desde os 12 anos de idade. Homem livre e de bons costumes, amante da música, da arte, da história e de viagens. Obs.: Postgraduate in Constitutional Law (University Anhanguera-Uniderp-LFG), Postgraduate in Ethics (IESM), graduated in Philosophy and Law (College); Public Server at Judiciary Power, Teacher, Poet.

domingo, 20 de novembro de 2011

Show do Hibria e divulgação do Wacken marcam noite de metal em São Luís

Hibria

A noite de sexta-feira (18/11/2011) em São Luís foi bastante agitada. Além de receber pela primeira vez em solo maranhense a banda brasileira Hibria, a data marcou o anúncio oficial da 1ª edição do festival de heavy metal Waken Open Air fora da Alemanha, sua terra natal. O evento, além da atração principal, contou com a abertura de bandas locais. A primeira apresentação foi da banda Berço de Judas, com seu heavy tradicional com influências de Iron Maiden e Manowar, que conseguiu agitar os headbangers presentes à Let It Beer com um set list contendo composições próprias e alguns covers. A banda mostrou uma boa pegada, numa apresentação correta, marcada pelo entrosamento dos seus membros e boa presença de palco. A segunda banda a subir ao palco na noite de sexta foi a Caveiras Buchudas, com um rock'n roll cantado em português, com letras recheadas de ironia e bom humor. Composta por nomes bastante conhecidos no cenário do rock maranhense, a banda mostrou um som pesado e sem frescuras, que agradou a velhos e novos roqueiros.

Banda Berço de Judas

O evento contou ainda com a presença de figuras de destaque da cena heavy nacional e mundial, como Edu Falaschi, André Matos, Dick Siebert, Alex Kolesne e Vitor Rodrigues, que fizeram o lançamento oficial e divulgaram a realização do festival Wacken Open Air em São Luís, no próximo ano. Demostrando a união do metal nacional o orgulho dos brasileiros, e principalmente dos nordestinos, pela conquista de mais um grande evento para a cidade (que começa a marcar posição na rota dos shows internacionais do gênero), os músicos agradeceram o apoio dos aficcionados e o esforço do produtor local, Nathanael Jr., que teve a gana de levar em frente uma verdadeira revolução na cidade.

Edu Falaschi fala sobre o Wacken em São Luís
André Matos divulgando o Wacken em São Luís
video

Perto das duas horas da madrugada subiu ao palco a atração principal da noite. Os porto-alegrenses do Hibria trouxeram a São Luís o show da turnê do seu terceiro álbum, intitulado "Blind Ride". Iuri Sanson (vocal), Abel Camargo (guitarra), Diego Kasper (guitarra), Benhur Lima (contrabaixo) e Eduardo Baldo (bateria) abalaram a noite com um som pesadíssimo, com riffs mortais das guitarras e um trabalho rápido e matador de bateria. Numa sequência com "Blind Ride", "Nonconforming Minds", "Shoot me Down" e "Welcome to the Horror Show", logo de cara, a banda mostrou ao que veio, com uma metralhadora sonora pontuada pela performance vocal impressionante de Iuri.

Hibria em ação no palco da Let it Beer
Banda Hibria

Hibria no palco


Noite de metal com Hibria


Com "Defying the Rules", "Millenium Quest" e "Tiger Punch" o Hibria pôs a plateia, mesmo cansada, para balançar as cabeças e agitar muito em rodas enfurecidas no meio do salão da casa de shows.


Hibria em São Luís
Iuri Sanson detonando


Enfim, sem mais palavras, São Luís, na noite de sexta, viu não só um show de heavy metal com uma das bandas mais promissoras do cenário atual. Viu também uma grande confraternização de roqueiros de todas as épocas com as figuras consagradas da cena nacional circulando entre os fãs, trocando ideias, atendendo aos pedidos de fotos e celebrando o bom momento que vive a ilha do metal.


Banda interagindo com o público

Galera confraterniza com o Hibria

Festa do metal em São Luís

Enfim, sem mais palavras, São Luís, na noite de sexta, não viu só um show de heavy metal com uma das bandas mais promissoras do cenário atual. Viu também uma grande confraternização de roqueiros de todas as épocas, com as figuras consagradas da cena nacional circulando entre os fãs, trocando ideias, atendendo aos pedidos de fotos e celebrando o bom momento que vive a ilha do metal.

Fotos: Rogério Rocha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe do nosso blog, comentando, sugerindo e deixando o seu recado.

Postagens populares

Total de visualizações de página

Páginas