Quem sou eu

Minha foto

Me chamo Rogério Rocha. Sou maranhense da cidade de São Luís, mas na verdade me sinto um cidadão do mundo. Sou pós-graduado em Direito Constitucional (Universidade Anhanguera-Uniderp-LFG), pós-graduado em Ética (IESMA), Graduado em Filosofia e Direito (UFMA), mestrando em Criminologia na Universidade Fernando Pessoa (Porto/Portugal). Atualmente sou Servidor do Poder Judiciário do meu estado. Exerci a advocacia durante 6 anos de minha vida,atuando nas áreas de Direito Civil (Família), Direito do Trabalho e do Consumidor. Fui professor do CEFET- MA (atual IFMA) por 2 anos, período em que lecionei tanto para o ensino médio quanto para os alunos de áreas técnicas as disciplinas de Sociologia, Filosofia e Metodologia do Trabalho Científico. Escrevo poesias desde os 12 anos de idade. Homem livre e de bons costumes, amante da música, da arte, da história e de viagens. Obs.: Postgraduate in Constitutional Law (University Anhanguera-Uniderp-LFG), Postgraduate in Ethics (IESM), graduated in Philosophy and Law (College); Public Server at Judiciary Power, Teacher, Poet.

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

E-volo: o carro voador do futuro




Uma máquina que pesa apenas 80kg, equipada com 16 rotores e que utiliza baterias de íon-lítio como combustível. Este, é o E-Volo.
A máquina que pode vir a ser o carro voador do futuro é, na verdade, um multicóptero idealizado pelo engenheiro Thomas Senkel que realizou o primeiro voo pilotado no fim de outubro, com duração de um minuto e meio.
Senkel e mais dois amigos que o ajudaram na construção do E-Volo, acreditam que ele poderia revolucinar os transportes, podendo ser usado na inspeção de oleodutos, como ambulância aérea ou, outros propósitos, incluindo esportes.
Por enquanto, o veículo é capaz de voar por apenas 20 minutos, devido às limitações das baterias de lítio mas, uma vez resolvido o problema da autonomia, o inventor afirma que poderia até mesmo substituir os helicópteros atuais.
A direção é controlada pela velocidade dos rotores que, por sua vez, são controlados por computador. Isso faz com que o piloto necessite apenas de um joystick para pilotar a máquina, muito mais fácil do que os helicópteros comuns. Sem nenhuma ação no joystick, o E-Volo apenas paira no ar, no mesmo local. Em emergências, é possível pousá-lo com segurança até mesmo se quatro dos rotores falharem.
Além disso, como é controlado por computador, pode ser integrado a softwares GPS, o que possibilita voos até locais pré-determinados e pode também, ser controlado remotamente a partir do solo.
Realmente um “carro voador” bastante promissor.
Fonte: Bocaberta/DailyMail

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe do nosso blog, comentando, sugerindo e deixando o seu recado.

Postagens populares

Total de visualizações de página

Páginas