Quem sou eu

Minha foto

Me chamo Rogério Rocha. Sou maranhense da cidade de São Luís, mas na verdade me sinto um cidadão do mundo. Sou pós-graduado em Direito Constitucional (Universidade Anhanguera-Uniderp-LFG), pós-graduado em Ética (IESMA), Graduado em Filosofia e Direito (UFMA), mestrando em Criminologia na Universidade Fernando Pessoa (Porto/Portugal). Atualmente sou Servidor do Poder Judiciário do meu estado. Exerci a advocacia durante 6 anos de minha vida,atuando nas áreas de Direito Civil (Família), Direito do Trabalho e do Consumidor. Fui professor do CEFET- MA (atual IFMA) por 2 anos, período em que lecionei tanto para o ensino médio quanto para os alunos de áreas técnicas as disciplinas de Sociologia, Filosofia e Metodologia do Trabalho Científico. Escrevo poesias desde os 12 anos de idade. Homem livre e de bons costumes, amante da música, da arte, da história e de viagens. Obs.: Postgraduate in Constitutional Law (University Anhanguera-Uniderp-LFG), Postgraduate in Ethics (IESM), graduated in Philosophy and Law (College); Public Server at Judiciary Power, Teacher, Poet.

sábado, 8 de outubro de 2011

Everton Lopes fatura ouro inédito no Mundial de Boxe


Foto: AP
Nas semifinais, o brasileiro Everton Lopes (de vermelho) bateu o italiano Vincenzo Mangiacapre

O baiano Everton Lopes fez história no boxe amador brasileiro neste sábado ao se sagrar campeão mundial na categoria meio médio ligeiro (até 64kg), em Baku, no Azerbaijão. O pugilista de 21 anos faturou a medalha de ouro ao vencer na final o ucraniano Denys Berinchyc por 26 a 23.
"Graças a Deus. Me sinto muito feliz. É um oponente muito forte, eu sabia que ele vinha para dentro e usei uma estratégia para manter a luta no corpo a corpo e vencer", comemorou o primeiro brasileiro a faturar uma medalha de ouro em um Mundial de Boxe.
Antes da competição no Azerbaijão, a única medalha brasileira num evento deste nível tinha sido conquistada com Hamilton Rodrigues, bronze na edição de 1986, nos Estados Unidos. Além do ouro de Everton Lopes, o Brasil também faturou um bronze na sexta-feira em Baku, com Esquiva Falcão Florentino, na categoria médio (até 75 kg).
Na decisão deste sábado, Lopes dominou o ucraniano desde o início e abriu boa vantagem no placar ainda no primeiro round. O rival chegou a se recuperar no segundo e terceiro round, mas não o suficiente para reduzir a diferença estabelecida pelo brasileiro, já garantido nos Jogos Olímpicos de Londres, por ter chegado às quartas de final em Baku. Além de Lopes, Florentino e o peso leve Robson Conceição também estão garantidos.
Fonte: Esporte.ig

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe do nosso blog, comentando, sugerindo e deixando o seu recado.

Postagens populares

Total de visualizações de página

Páginas