Quem sou eu

Minha foto

Me chamo Rogério Rocha. Sou maranhense da cidade de São Luís, mas na verdade me sinto um cidadão do mundo. Sou pós-graduado em Direito Constitucional (Universidade Anhanguera-Uniderp-LFG), pós-graduado em Ética (IESMA), Graduado em Filosofia e Direito (UFMA), mestrando em Criminologia na Universidade Fernando Pessoa (Porto/Portugal). Atualmente sou Servidor do Poder Judiciário do meu estado. Exerci a advocacia durante 6 anos de minha vida,atuando nas áreas de Direito Civil (Família), Direito do Trabalho e do Consumidor. Fui professor do CEFET- MA (atual IFMA) por 2 anos, período em que lecionei tanto para o ensino médio quanto para os alunos de áreas técnicas as disciplinas de Sociologia, Filosofia e Metodologia do Trabalho Científico. Escrevo poesias desde os 12 anos de idade. Homem livre e de bons costumes, amante da música, da arte, da história e de viagens. Obs.: Postgraduate in Constitutional Law (University Anhanguera-Uniderp-LFG), Postgraduate in Ethics (IESM), graduated in Philosophy and Law (College); Public Server at Judiciary Power, Teacher, Poet.

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

UPA DO PARQUE VITÓRIA NÃO POSSUI MEDICAMENTOS E MATERIAL HOSPITALAR

Nem bem foi entregue e já começam a surgir as primeiras reclamações sobre o atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Parque Vitória.
Inaugurada na última segunda-feira (29) com muito estardalhaço pela governadora Roseana Sarney e pelo de Estado de Saúde, Ricardo Murad, o blog recebeu informações de que, neste final de semana, a unidade não possuía material hospitalar e remédios.
Segundo um médico que trabalha na UPA do Parque Vitória (localizada na avenida José Santana – São José de Ribamar) e que preferiu não se identificar, faltam desde simples material para curativos (atadura, gaze, esparadrapo) até medicamentos básicos, como dipirona e penicilina benzatina (benzetacil). “Como vamos atender um paciente sem poder receitar o remédio para que possam tomar”, indagou o médico.
De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES), a unidade funciona em regime de plantão 24 horas com atendimento em pediatria e clínica geral beneficiando cerca de 200 mil pessoas, moradores do local e de bairros adjacentes. São oferecidos também exames laboratoriais e eletrocardiograma.
Como a denúncia foi feita no final de semana, pode ser que a partir de hoje, segunda-feira, o funcionamento na UPA do Parque Vitória já esteja em sua normalidade. Nesse sentido, vamos averiguar melhor como anda a qualidade dos serviços oferecidos pela unidade à população. Com a palavra o secretário Ricardo Murad.
Fonte: blog do John Cutrim

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe do nosso blog, comentando, sugerindo e deixando o seu recado.

Postagens populares

Total de visualizações de página

Páginas